Pesquisar Apaes

Você deseja ir para qual instituição Apae? Clique nas setas para visualizar as opções.

Estado

Unidade

Programa de Educação Profissional

Garantir a inclusão profissional de pessoas com deficiência intelectual e múltipla é o principal objetivo do Programa de Educação Profissional e Trabalho da APAE-DF (EPT). A metodologia de trabalho desenvolvida desde 1989 pela Associação envolve três etapas:

 

1ª ETAPA: Formação Básica para o Trabalho -  Visa desenvolver nos aprendizes as habilidades gerais exigidas de qualquer profissional, independente das áreas de trabalho em que venham a atuar. São habilidades como: pontualidade, assiduidade, higiene pessoal, respeito à hierarquia, organização no trabalho, cooperação, cordialidade, respeito ao próximo, noções de direito do trabalhador e de segurança no trabalho, entre outras. Nesta etapa, os aprendizes podem frequentar diversas oficinas que simulam ambientes de trabalho, onde também identificam suas potencialidades, necessidades, gostos, expectativas, afinidades e motivação.

 

A formação básica ocorre em oficinas mantidas pela própria a Associação, nas seguintes áreas:

  • Serviços Administrativos;
  • Cozinha Industrial;
  • Copa;
  • Panificação;
  • Salgaderia;
  • Confeitaria;
  • Processamento de Alimentos;
  • Artesanato;
  • Vendas e Atendimento ao Público;
  • Horticultura;
  • Produção de Mudas;
  • Jardinagem;
  • Lavanderia;
  • Limpeza.

 

2ª ETAPA: Qualificação Profissional – Visa desenvolver habilidades específicas (teóricas e práticas), agora próprias da área de trabalho em que o aprendiz poderá ser inserido. Ou seja, habilidades necessárias para que a pessoa com deficiência possa conquistar e manter seu espaço no mercado de trabalho, com qualidade e eficiência. Preferencialmente, a qualificação deve ocorrer em ambientes reais de trabalho, seja na própria empresa que pretende contratar os futuros profissionais ou em agências formadoras, como as do sistema S (SESC, SESI, SENAI). Em última instância, a qualificação também pode ocorrer em espaços mantidos pela própria Associação. Entre eles, podemos destacar:

 

  • Oficina de Higienização e Conservação de Bens Culturais – Na Sede e na Biblioteca da UnB
  • Cursos de Informática  - no Telecentro Acessível da Sede.

 

3ª ETAPA: Inclusão Laboral – Visa garantir ao aprendiz já qualificado as condições para ingresso e permanência no mundo do trabalho. Nesta etapa, o aprendiz é acompanhado pela equipe do SIAP – Serviço de Inserção e Acompanmhamento Profissional. Conforme a oferta de vagas existente no mercado, a inserção pode ocorrer em três possíveis modalidades:

 

  • Emprego Competitivo Aberto: a pessoa com deficiência já qualificada é inserida com qualquer profissional, sem a necessidade de apoios especiais, exceto o acompanhamento do próprio SIAP.

 

  • Emprego Competitivo Apoiado: a pessoa com deficiência já qualificada é contratada (individualmente ou em grupo) conjuntamente com um profissional orientador, responsável por reforçar os comandos e garantir ritmo ao trabalho.

 

  • Trabalho Autônomo: a pessoa com deficiência passa a trabalhar por conta própria, como trabalhador autônomo, numa empresa caseira ou mesmo numa cooperativa. 

Endereço:
SEPN 711/911 Conjunto E • Brasília • DF
E-mail:
[email protected]
Telefone:
(61) 21010460